Notícias FASA

Faculdade Santo Ângelo (FASA) e Sero Eletric iniciam parceria no mercado de veículos elétricos

Data da publicação: 13/12/2021
COMPARTILHE: Facebook Twitter E-mail
Intitucional

A Faculdade Santo Ângelo (FASA) e a SERO ELETRIC, iniciaram na segunda-feira (06/12) uma grande parceria. Localizada em Buenos Aires, na Argentina, a empresa, junto com a FASA, vai desenvolver os estudos de viabilidade para a instalação de uma montadora de carros elétricos no campus da FASA. A Sero Eletric é pioneira na América Latina na fabricação de automóveis que se encaixam na categoria de micro carros elétricos, categoria L6e. Com autonomia de 150 km, sem a necessidade de recarregar, os veículos podem atingir até 50 km/h e são destinados ao uso urbano.

A parceria tem como objetivo fomentar as áreas das Engenharias, estimular o avanço da pesquisa pelos acadêmicos e, possibilitar estágios e atuação em um dos campos da engenharia que mais impulsiona novas tecnologias e vem ganhando destaque no cenário mundial. Além disso, os alunos poderão fazer intercâmbios e vivenciar experiências práticas no setor dos carros elétricos, bem como, produzir conhecimento junto aos profissionais atuantes na indústria.

De acordo com o CEO da FASA, Rafael Rossetto, "estamos trazendo para a comunidade acadêmica uma grande parceria com a Sero Eletric, onde vamos trabalhar com a sustentabilidade, com a inovação e possibilitar aos nossos alunos e à região, um grande avanço nos estudos das engenharias e áreas afins", destaca. O CEO da FASA, Rafael Rossetto e o Diretor de Projetos Estratégicos, Grasiano Tolfo, estiveram visitando a sede da empresa, em Buenos Aires, na Argentina, para a assinatura de documentos e as tratativas dessa grande parceria.

PARCERIAS E INOVAÇÃO

Através desta parceria, a FASA inicia um estudo de viabilidade para instalação da montadora brasileira no município de Santo Ângelo, dentro do campus da Faculdade. Este projeto faz parte das iniciativas de inovação da Faculdade dentro dos conceitos da Indústria 4.0 e Cidades Inteligentes. Com menos de três anos de existência, a FASA é destaque nacional em inovação e é considerada pelo mercado como a Primeira Faculdade Startup do Brasil.

Segundo Grasiano Tolfo, Diretor de Projetos Estratégicos da FASA, "iniciamos a aproximação com o fabricante Argentino, através de seu diretor Pablo Naya, em julho deste ano. As instituições demonstraram muita sinergia e a intenção de estabelecer uma parceria para viabilizar a fabricação no Brasil e atender o anseio do mercado brasileiro por mobilidade elétrica".

Outro braço dessa parceria é a empresa TGX Soluções em Energia, que será responsável pela representação e distribuição dos veículos elétricos. Inicialmente, os veículos serão importados da Argentina, mas a expectativa é que o volume de vendas acelere o processo gradual de fabricação em território nacional. Tiago Veiga, co-fundador da TGX relata que a "mobilidade elétrica já é uma realidade e muitos modelos de negócios surgirão nos próximos anos. Além da comercialização dos veículos para pessoas, empresas e órgãos públicos, estamos estudando o modelo de negócios de locação de frota elétrica e carro elétrico por assinatura," explica.

ECONOMIA, PRATICIDADE E SEGURANÇA

Os micro carros elétricos levam duas pessoas e são perfeitos para o uso no dia a dia. Os veículos são super compactos, fáceis de estacionar e muito econômicos. Uma carga completa com autonomia para 150 km pode custar menos de seis reais. Além de não poluir o meio ambiente, o proprietário pode recarregá-lo em tomadas convencionais de 110V e 220V. O tempo de carregamento da bateria varia de 5 a 7 horas.

Além da impressionante economia na troca do combustível por energia elétrica, os micro carros elétricos reduzem drasticamente o custo de manutenção e em diversos estados brasileiros, dentre eles o Rio Grande do Sul, e os donos de veículos elétricos têm direito à isenção total do IPVA.

Embora pequenos, os veículos da Sero Eletric têm estrutura rígida e segura: possuem carroceria feita de ligas de alumínio de alta resistência. Além disso, traseira e dianteira utilizam aço tubular para resistir a impactos e, ainda, adota freios ABS e filme protetor UV contra raios solares.

NOTÍCIAS ARTIGOS

VEJA O ARQUIVO DE NOTÍCIAS COMPLETO >>

VEJA O ARQUIVO DE ARTIGOS COMPLETO >>