Notícias FASA

Sistema CONFEA/CREA é tema do Intervalo Colaborativo das Engenharias

Data da publicação: 01/06/2021
COMPARTILHE: Facebook Twitter E-mail
Intitucional

As turmas da área das Engenharias da Faculdade Santo Ângelo (FASA), participaram do Intervalo Colaborativo que abordou o tema: "Sistema CONFEA/CREA". Para a palestra e explanação do assunto, recebemos a convidada, Nanci Walter, Engenheira Ambiental e Presidenta do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul - CREA/RS.

O protocolo iniciou com a fala do CEO da FASA, Rafael Rossetto, o qual recepcionou os alunos, professores e ressaltou para Nanci Walter, a importância da parceria entre FASA e CREA/RS, em relação ao registro dos seis cursos da área das Engenharias, processo que está sendo concretizado. "Estamos sempre disponíveis e esperamos recebê-la, em breve, para uma visita em nossa estrutura física", destaca Rossetto.

Nanci Walter iniciou sua fala, abordando pontos sobre o registro dos cursos das Engenharias da FASA junto ao CREA/RS e tranquilizou a comunidade acadêmica, afirmando que esse processo está prestes a ser finalizado. De imediato, abordou a explicação sobre como ocorre o funcionamento do sistema de gestão do CREA/RS e qual é a finalidade do órgão para os profissionais engenheiros. "É o que garante a fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais da Engenharia, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia, de nível superior, no território de sua jurisdição", afirma Nanci.

Os Conselhos Profissionais não recebem nenhum tipo de subsídio do Governo, e assim como todos os outros CREAs distribuídos pelo Brasil, são vinculados ao Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA), que é a instância superior de regulamentação das profissões abrangidas. Cabe ao CONFEA garantir a unidade de ação e a normatização de todos os CREAs, exercendo funções de supervisão financeira e administrativa sobre eles, formando-se assim, o Sistema CONFEA/CREA.

Além do modelo de gestão, o conselho preza pela qualidade dos serviços prestados. "É neste espaço que atua a fiscalização da Instituição, exigindo dos profissionais a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), documento que forma o acervo de cada profissional e garante à sociedade a certeza de que aquele, que executa o serviço, está legalizado", destaca Nanci. 

O Intervalo Colaborativo é desenvolvido a cada 15 dias e tem como objetivo promover o aprendizado e o debate sobre temas relevantes à profissão escolhida pelos acadêmicos. 


NOTÍCIAS ARTIGOS

VEJA O ARQUIVO DE NOTÍCIAS COMPLETO >>